quarta-feira, janeiro 04, 2017

Madalena e Bafafá

De vez em quando entro na minha máquina do tempo e volto aos momentos criativos da minha vida. Hoje publico uma saudade! Saudade da personagem que criei em 2000 e foi publicada em tantos jornais e revistas por este mundo a fora.  A Madah saiu do papel e entrou na tela do meu pc. Foi desenhada em vetor em uma época que nem se sabia exatamente o que era isto e os recursos eram quase inexistentes. Assim mesmo, já nasceu pioneira.  Ando com saudades dessa mulher contemporânea e estou com vontade de trazê-la de volta.

Como toda Brasileira de carteirinha, Madah nao resiste a um produto importado!



Madalena retrata o Brasileiro que escolheu residir fora do país e manteve todo seu colorido latino, suas diferenças culturais, seus pensamentos.  Madalena ilustra as observações do estrangeiro em terra de gringo.  Ela é irreverente, ousada e independente. Suas observações viraram coloquialismos. Madalena ganhou um gatinho chamado Bafafá criando assim a  oportunidade de dar  "voz" ao gringo nas pequenas historias. Vamos relembra-la!



Madalena nos States tornou-se uma Brasileira culturalmente convicta, um fenômeno quase que como religioso recém convertido... Descobriu o samba, a comidinha popular e o gingado das cadeiras. E as compras! As compras que falam ingles! Atleta dos shoppings e outlets, faz tudo por um brinde!


Havia tempo em que se ofendia quando pensavam que ela era de origem hispânica.Como todos nós, or Brasileiros transplantados,  ao passar do tempo, aprendeu a hablar, salsar e se adaptar. 


Com carinho e saudades,
Kiki


Nenhum comentário: